25junho2021

É NECESSÁRIO ROMPER COM A ESTAGNAÇÃO DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

Bloqueio negocial e agonia da democracia moram no ministério da Educação

A principal causa da não resolução dos problemas que se vivem na profissão docente reside no ministério da Educação.

Ficarmos quietos só serve ao Governo e ME. Não têm oposição e prosseguem lógicas economicistas na direção política da área da Educação.

25 de junho: Vamos à luta! Participa! Toma posição!

- Inscrição online nos transportes

- Ficha de inscrição - descarregar

- Contactos SPRC

A FENPROF tem apresentado propostas fundamentadas, nos termos da lei, e está disponível para as discutir, negociando saídas para os problemas.

Enquanto António Costa e Tiago Brandão Rodrigues persistirem na estratégia de não irem para o debate político dos problemas e para a procura negociada das soluções, os problemas tenderão a agravar-se:

- Os professores verão a sua carreira ainda mais desvalorizada;

- Os quadros de pessoal docente tenderão a ver agravado o envelhecimento que já os atinge;

- O emprego precário continuará a ser uma característica da profissão docente;

- Os horários de trabalho continuarão a ser um dos principais fatores do desgaste na profissão.

Para além de agravarem a desmotivação que cresce entre os docentes, a não resolução destes problemas são motores da falta de atratividade para os jovens nas escolhas dos seus futuros profissionais.

Ficarmos quietos só serve ao Governo e ME. Não têm oposição e prosseguem lógicas economicistas na direção política da área da Educação.

Vamos à luta! Participa! Toma posição!

cartaz site

Está em... Home Última Hora Bloqueio negocial e agonia da democracia moram no ministério da Educação