top of page

17 de maio (sexta-feira): Professores na Luta da Administração Pública

  • Pela valorização dos serviços públicos e pelo seu reforço

  • Pela atualização justa dos salários 

  • Por uma melhor política fiscal que garanta a qualidade das funções sociais do Estado e não sobrecarregue os trabalhadores 

  • Por carreiras que valorizem as profissões 

 

Os trabalhadores da Administração Pública vão estar em luta em 17 de maio. Este dia de luta realiza-se em defesa do aumento dos salários, de uma política fiscal justa, da valorização das carreiras e, também, da eliminação das quotas na avaliação de desempenho, bem como em defesa e pelo reforço dos serviços públicos, devendo, por isso, comprometer os docentes e os investigadores

 

Neste dia realiza-se uma concentração de trabalhadores da Administração Pública na Praça da Figueira, às 14h30, seguida de desfile até ao Ministério das Finanças.

 

Em diversos setores da Administração Pública, também para permitir a presença de trabalhadores nas concentrações previstas, foram emitidos pré-avisos de greve

 

Convergindo com esses setores e respetivos trabalhadores, a FENPROF, em representação dos Sindicatos que a integram, apresentou, no mesmo sentido, um pré-aviso de greve que aqui se disponibiliza para consulta. Assim, a greve incide sobre todo o serviço a desempenhar neste dia. Quem decidir aderir à greve não terá de comunicar previamente a nenhuma entidade a sua decisão e todos os docentes, sejam ou não sindicalizados, em sindicatos da FENPROF ou outros, são por ela abrangidos. 

 

ความคิดเห็น


bottom of page