top of page

Contrainauguração da obra do IP3 - “Nem carreira docente reposta, nem IP3 requalificado!”


No passado dia 2 de julho, a Associação de Utentes e Sobreviventes do IP3 e a FENPROF promoveram uma ação de protesto e de denúncia de duas promessas que ainda estão por cumprir: a requalificação do IP3, que deveria estar terminada em 2022, e a recomposição da carreira docente da qual ainda falta contar, sem considerar as perdas decorrentes das transições entre alterações da carreira, mais de 6 anos.


Esta contrainauguração contou com a presença de mais de uma centena de utentes do IP3 e de docentes. Após as intervenções de uma "espécie" de Primeiro-Ministro, da representante da Associação de Utentes e Sobreviventes do IP3 e do Secretário-geral da FENPROF, a cerimónia terminou com uma marcha lenta pelo IP3.

As declarações de António Costa nas quais deixou passar a mensagem que era preciso escolher entre contar o tempo de serviço dos professores e requalificar o IP3 foram feitas há 4 anos.

Kommentare


bottom of page