top of page

Câmara da Guarda anuncia fecho de escola. Comunidade educativa foi afastada da decisão.

O Sindicato dos Professores da Região Centro teve conhecimento do interesse recente da Câmara Municipal da Guarda em fechar as portas da EB S. Miguel. Independentemente das razões que levam a dita autarquia a esta decisão, é condenável que a comunidade educativa não tivesse sido ouvida quanto ao encerramento e ao momento para que se efetivasse.


foto: Jornal O Interior

Esta estrutura escolar é importante para o bem estar das famílias que dela beneficiam e, sendo uma escola pública, com este encerramento, para mais sem o conhecimento dos encarregados de educação, deixa este subsistema mais pobre.


O SPRC tem vindo a ser muito crítico quanto ao encerramento de escolas e jardins de infância, defendendo uma perspetiva de proximidade e soluções diversas que permitiriam o não encerramento. A reestruturação da rede pública de estabelecimentos de ensino é, aliás, uma necessidade inadiável, tendo em conta o estado de degradação em que se encontram muitos edifícios e a importância que a educação tem para as comunidades autóctones, como forma de reforço dos laços com as suas terras.


O SPRC solidariza-se com a luta de professores e encarregados de educação contra o encerramento.


A Direção

Comments


bottom of page