Igualdade de género

ESTUDO TEMÁTICO 2: Proteção social e desemprego.

Cruzando os dados da Segurança Social com os dados do desemprego real verifica-se que, nos três primeiros trimestres de 2021, perto de metade das trabalhadoras desempregadas não tinha acesso a qualquer prestação de desemprego.


Os valores das prestações de desemprego são, em geral, muito baixos: de apenas 534 euros/mês em 2021 para o total dos trabalhadores, um valor abaixo do limiar da pobreza (554 euros).


As mulheres desempregadas recebem, em média, prestações de desemprego 12% mais baixas do que as auferidas pelos homens desempregados, o que está relacionado com as discriminações salariais de que as primeiras são alvo.


Veja aqui o estudo:


2_ProtecaoSocialEdesemprego
.pdf
Download PDF • 182KB