Igualdade de género

ESTUDO TEMÁTICO 4: Emprego, desemprego, salários e horários das mulheres.

Com base nos dados oficiais verifica-se o seguinte:

O emprego feminino cresceu 53,6 milhares, correspondendo a mais 2,3% (face a 3,2% entre os homens trabalhadores), situando-se em 2.383,7 milhares no conjunto do ano de 2021.

As mulheres constituem mais de metade dos trabalhadores desempregados (52%) e são também a maioria dos trabalhadores a tempo parcial que desejam trabalhar mais horas (61%) e dos desencorajados (mais de 51%).


As mulheres são mais de metade (52%) dos trabalhadores com vínculos precários.

Mais de 650 mil mulheres trabalham ao Sábado, cerca de 430 mil ao Domingo, 393 mil ao serão, 393 mil por turnos e 132 mil à noite.

As mulheres trabalhadoras auferem salários mais baixos do que os homens trabalhadores.

No 4º trimestre de 2021 o diferencial chegava aos 16%, mesmo tendo aquelas, em média, níveis de habilitação mais elevados (por exemplo, 61% dos trabalhadores com ensino superior são mulheres).


Veja aqui o estudo:


4_Emprego_desemprego_salarios_horarios_das_mulheres_CIMH_Mar2022
.pdf
Download PDF • 584KB